CVI REFRIGERANTES ANUNCIA CANCELAMENTO DE SUA CARAVANA DE NATAL EM 2020

Apesar dos cuidados redobrados, empresa decidiu não realizar a passagem dos caminhões iluminados pela região.

Em função do delicado momento que a região atravessa, a CVI Refrigerantes, fabricante da Coca-Cola sediada em Santa Maria, optou por interromper todas as programações relacionadas à Caravana de Natal Coca-Cola em 2020 (que percorreria as cidades de Santa Maria, Vera Cruz, Santa Cruz do Sul e Passo Fundo). Esta decisão foi tomada com objetivo de estar em consonância com as orientações do poder público a respeito da pandemia, ainda que todas as atividades da caravana tenham sido totalmente adaptadas para o cenário  atual, com mudanças significativas em seu formato a fim de garantir um evento mais seguro.

“Natal é uma das datas mais relevantes em nosso calendário, e a Caravana é símbolo deste momento” afirma Alexandre Fontinelli, gerente de desenvolvimento de mercado da CVI Refrigerantes.  “Foi uma decisão difícil, afinal esta é uma ação que encanta tanto o público, de todas as idades, como os colaboradores envolvidos na sua realização. Mas entendemos que era necessário”, ressalta.

O foco agora será direcionado às demais ações voltadas à comunidade. A fabricante de bebidas fará neste mês o investimento de mais de 80 mil reais em cinco projetos de organizações sociais da região. As iniciativas são integrantes do programa de responsabilidades social da empresa, o  CVI Social, que em setembro deste ano ja destinou outros 69 mil reais a projetos de alto impacto social. Além disso, a empresa manteve o patrocínio ao tradicional espetáculo “Era uma vez… Natal!”, que será adaptado em um novo formato devido a pandemia.

Ainda segundo Alexandre, até o final do ano a empresa também fará a destinação de parte do seu imposto de renda para projetos sociais cadastrados nos fundos municipais de apoio a criança, adolescente e idoso da região. Uma campanha interna será realizada para relembrar os colaboradores da empresa sobre a possibilidade de realizar a destinação como pessoa física, no valor de até 6% do imposto devido, a estes projetos.

“Em toda nossa comunicação falamos muito sobre a importância de se fazer presente neste Natal, da maneira que for possível. Auxiliar nossas comunidades também é uma forma de se fazer presente”, completa o gerente.